coragem

TEDx Vila Madá e a coragem de abraçar

Este tem que ser um post rápido. É fim de ano e quase não consigo escapar à histeria natalina, ao trânsito, às 1500 demandas familiares e festas escolares. Óntem, contudo, consegui ir ao TEDx Vila Madá, que foi promovido “na raça” em 15 dias pelo pessoal da Educartis.

As vezes o desejo de abraçar é maior do que a pressa, do que o excesso de fim de ano, do que a agenda lotada, simplesmente é preciso abraçar uma causa ou o desejo de fazer nascer algo que quer em existir.

Acho que foi assim com eles, pelo misto de cansaço e alegria. Quem estava lá sentiu. Organizar um TED em 15 dias não é fácil, mas abre uma porta e inaugura uma série.

O TED em si, a causa de espalhar idéias que valem a pena, e a iniciativa de fazer isso a partir de um nascedouro de cultura como a Vila Madalena, em uma escola que estava quase “abandonada” pelos próprios alunos, recupera um certo espírito paulistano de se mostrar, de tornar presentes idéias vanguardistas. Tomara que os próximos eventos tragam esse espírito cada vez mais vivo.

A coragem de abraçar, seja alguém ou uma idéia, mesmo a essa altura de 2009 é encantadora.

O vídeo que estou inserindo fechou o evento. Talvez você já tenha visto, eu não tinha e me emocionei. Isso, afinal, talvez seja o Natal.